Última hora
This content is not available in your region

Cervejaria de Berlim acolhe sem-abrigo

euronews_icons_loading
Cervejaria de Berlim acolhe sem-abrigo
Direitos de autor  La brasserie Hofbräuhaus Berlin offre des repas aux sans abris de la ville.
Tamanho do texto Aa Aa

Normalmente, uma semana antes do Natal, as cervejarias de Berlim costumavam estar ocupadas com as festas de Natal das empresas. No entanto, com a Alemanha em confinamento, este ano, as canecas de cerveja ficaram vazias, mas um desses estabalecimentos, o Hofbräuhaus Berlin, reabre as portas para dar abrigo aos sem-abrigo da cidade.

Existem mais de 650 mil pessoas sem-abrigo, na Alemanha. E estima-se que cerca de 50 mil estejam a dormir nas ruas - só em Berlim são 2 mil. A situação, já precária destas pessoas, piorou dramaticamente devido à pandemia.
Kate Brady
Euronews

No interior, a cervejaria oferece um lugar quente e seguro para algumas das pessoas mais vulneráveis da cidade. Enquanto o estado cobre os custos da alimentação e dos funcionários, o gerente Björn Schwarz coloca o edifício à disposição - que é suficientemente grande para garantir o distanciamento social.

As pessoas são convidadas a passar o tempo aqui. Também há algo para ler e há um serviço de aconselhamento social a acontecer ao mesmo tempo. Aqui são deixados em paz e não são expulsos. Temos uma oferta mais diversificada para além das refeições.
Björn Schwarz
Gerente - Hofbräuhaus Berlin

Todos os dias entre 10h e 16h, e cumprindo as medidas de segurança relativas à COVID-19, a cervejaria, no centro de Berlim, vai fornecer refeições quentes aos sem-abrigo da cidade. No menu está a comida tradicional da Baviera: salsicha Bratwurst com batatas a uma fatia de strudel de maçã para a sobremesa. A Segurança Social de Berlim disse que este tipo de locais fechados são difíceis de encontrar devido ao cumprimento das restrições.

As pessoas que vivem nas ruas estão numa situação muito mais precária do que antes. Dificilmente encontram uma fonte de rendimento porque todos os outros cidadãos de Berlim estão em casa. E em Berlim sempre que apelamos às pessoas para ficarem em casa, parece uma piada para os sem-abrigo. Portanto, é preciso garantir locais onde possam ficar, onde sua saúde e sua vida também sejam protegidas. Ests também é a nossa responsabilidade.
Elke Breitenbach
Segurança Social Berlim

Projetos como este não são a solução a longo prazo, mas num inverno diferente de todos os outros, podem ajudar a evitar que muitas pessoas passem fome neste Natal.