Líderes mundiais evocam vacina em mensagens de Natal

Líderes mundiais evocam vacina em mensagens de Natal
Direitos de autor Victoria Jones/AP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

De Isabel II ao Papa Francisco, vacina e luta contra a Covid-19 estiveram presentes nas mensagens natalícias.

PUBLICIDADE

As vacinas contra a Covid-19 são, para muitos, sinal de esperança nestas festas de final do ano. Além de de ocuparem o dia, por exemplo, dos carabineiros no norte de Itália que tiveram a tarefa de distribuir as doses prontas a ser administradas à população, no dia que chegaram ao país. foram também tema das mensagens de Natal de vários líderes.

O presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, diz que "esta á uma luz ao fundo do túnel, que se torna cada vez mais brilhante". "Saímos da crise passo a passo, mas se a estrada é longa ou não é algo que vai depender de todos nós", disse o chefe de Estado alemão.

Também o Papa Francisco referiu as vacinas na mensagem Urbi et Orbi: "Nesta altura de trevas e incerteza devido à pandemia, há luzes de esperança que aparecem, como a descoberta de vacinas, Mas para que essas luzes iluminem e levem esperança ao mundo inteiro, têm de estar disponíveis para todos", disse o Sumo Pontífice.

Numa altura em que o Reino Unido vive um surto de uma nova estirpe mais contagiosa do coronavírus, a Rainha Isabel II focou este discurso à nação em todos aqueles que ajudaram na luta contra a pandemia: "No Reino Unido e em todo o mundo, as pessoas enfrentaram, de forma magnífica, os desafios deste ano. Estou muito orgulhosa e comovida por este espírito indomável", disse a monarca, evocando também os 200 anos do nascimento de Florence Nightingale, que se clelebraram este ano.

Como que a refletir esta homenagem da Rainha, o discurso foi acompanhado por um coro de profissionais de saúde.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Campanha de vacinação arranca na América Latina

Plano de vacinação da UE em marcha

Cientistas acreditam na eficácia da vacina contra a Covid-19