Última hora
This content is not available in your region

Equipas de resgate procuram sobreviventes ao sismo na Croácia

euronews_icons_loading
Equipas de resgate procuram sobreviventes ao sismo na Croácia
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Numa corrida contra o tempo, equipas de resgate prosseguem as operações de busca para tentar encontrar com vida sobreviventes ao violento sismo de magnitude 6,3 na escala de Richter que atingiu o centro da Croácia.

O abalo, registado esta terça-feira, provocou a morte de pelo menos sete pessoas, incluindo uma criança, mas os números poderão agravar-se nas próximas horas. Há registo de dezenas de feridos.

As autoridades croatas confirmaram que várias pessoas se encontram hospitalizadas.

O sismo registou-se às 12:19 (11:19 em Lisboa), de acordo com o Serviço Geológico dos EUA.

O epicentro foi a cerca de 50 quilómetros a sudeste da capital do país, Zagreb, a 2,9 quilómetros a sul-sudeste de Petrinja e a 8,7 quilómetros a sudoeste de Sisak.

No rescaldo do sismo sentiram-se duas réplicas. O governador do cantão de Sisak, Ivo Žinić, foi obrigado a abandonar uma conferência de imprensa para encontrar uma área segura.

A cidade de Petrinja, fortemente castigada, ficou sem eletricidade e água corrente.

No terreno, o exército croata ajuda a acelerar as operações de resgate e instalou tendas para abrigar desalojados. Outras pessoas deverão ser instaladas em hotéis próximos próximos do perímetro da tragédia.