Última hora
This content is not available in your region

Ataque a duas aldeias no Níger faz 100 mortos

euronews_icons_loading
Níger
Níger   -   Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 100 pessoas morreram num ataque terrorista a duas aldeias no Níger. As autoridades falam do pior massacre de civis por grupos armados neste país africano.

"Acabamos de regressar do local dos ataques, em Tchoma Bangou houve cerca de 70 mortos e em Zaroumadareye 30 vítimas mortais", disse o autarca de Tondikiwindi, a cidade que agrega as duas aldeias separadas por sete quilómetros, em declarações à agência AFP.

"Os terroristas entraram nas aldeias conduzindo uma centena de motas, e houve também 25 feridos (...) Para atacar as duas aldeias, os terroristas dividiram-se em duas colunas, uma atacando Zaroumadareye, e a outra dirigindo-se para Tchoma Bangou", explicou Almou Hassane.

As duas aldeias situam-se na região da fronteira entre o Mali e o Burkina Faso, uma área que tem sido alvo frequente de ataques de grupos jihadistas.

O ataque de sábado aconteceu no mesmo dia da divulgação dos resultados das eleições presidenciais, que deram a vitória ao candidato do partido no poder, o antigo ministro do Interior Mohamed Bazoum. Durante a campanha, Bazoum prometeu reforçar o combate aos grupos jihadistas que operam na região.