This content is not available in your region

Sonda chinesa a caminho da órbita de Marte

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP
euronews_icons_loading
Sonda chinesa a caminho da órbita de Marte
Direitos de autor  AP Photo

A viagem da sonda Tianwen-1 em direção a Marte está a decorrer sem problemas e ela deverá entrar na órbita do planeta vermelho em fevereiro, como estava previsto.

A informação foi avançada este domingo pela agência espacial chinesa.

Lançada a 23 de julho do ano passado, a Tianwen-1 é a primeira sonda enviada pela China a Marte.

Li Zhencai, vice-diretor do projeto Tianwen-1:"A sonda está a viajar cada vez mais rápido, à medida que se afasta da influência da gravidade heliocêntrica. Atualmente, a velocidade é de cerca de 22 quilómetros por segundo."

A Tianwen-1 terá de percorrer cerca de 470 milhões de quilómetros até chegar à órbita de Marte.

Se tudo continuar a correr como previsto, o contacto com a superfície marciana deverá acontecer no mês de maio, numa área do hemisfério norte do planeta que os cientistas acreditam ser o fundo de um antigo oceano.