Última hora
This content is not available in your region

Papa critica "negação suicida" da vacina contra covid-19

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Papa critica "negação suicida" da vacina contra covid-19
Direitos de autor  Andrew Medichini/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco classificou a oposição à vacina contra o coronavírus como "negação suicida". As declarações foram proferidas este sábado, durante uma entrevista a um canal de televisão italiano, quando o sumo pontífice apelava à imunização.

O líder da Igreja católica revelou ainda que ele próprio vai ser vacinado na próxima semana, no âmbito de uma campanha de vacinação a decorrer no Vaticano.

Rainha Isabel II vacinada contra coronavírus

Mais avançado vai o castelo de Windsor, onde a rainha de Inglaterra e o marido têm estado isolados e foram já vacinados, este sábado. Devido à idade, o casal de monarcas faz parte do grupo de risco a quem o governo britânico deu prioridade.

Israel na segunda fase de vacinação

Também este sábado, Benjamin Netanyahu recebeu a segunda dose da vacina do coronavírus. Em dezembro, o primeiro-ministro tornou-se no primeiro israelita a ser inoculado.

Em pleno confinamento nacional, pela terceira vez, o país leva a cabo uma das campanhas de vacinação mais rápidas do mundo, com a primeira dose já administrada a quase 20% da população.

De acordo com o chefe do governo, Israel terá vacinas suficientes para toda a população adulta até ao final de março.

França controla fronteira com o Reino Unido

Na cidade francesa de Bagneux, os habitantes participaram num rastreio em massa, após ter sido detetado um caso da estirpe mais infecciosa do coronavírus. A nova variante foi registada pela primeira vez no Reino Unido, com quem França mantém apertadas restrições na fronteira.

Apenas camionistas e cidadãos franceses ou da União Europeia com uma razão essencial para fazer a viagem são autorizados a passar. Todos são ainda obrigados a apresentar um resultado negativo no teste à covid-19 realizado nos três dias anteriores.

Austrália em alerta por causa de nova estirpe

A nova estirpe mais contagiosa está também a deixar alguns estados e autoridades australianos em alerta.

Após o primeiro caso detetado, Brisbane, capital de Queensland, decretou um confinamento de três dias, durante o fim de semana.