EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Covid-19 volta a matar na China

Covid-19 volta a matar na China
Direitos de autor Ng Han Guan/AP
Direitos de autor Ng Han Guan/AP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A morte agora anunciada foi a primeira em oito meses. Equipa de peritos da OMS já chegou a Wuhan.

PUBLICIDADE

A equipa de peritos da Organização Mundial de Saúde encarregada de investigar as origens da pandemia de Covid-19 já está em Wuhan, na China, a cidade onde tudo começou há cerca de um ano. É o início de uma missão adiada várias vezes por entraves do governo chinês.

O grupo de dez especialistas, de países como Estados Unidos, Rússia ou Países Baixos, vai fazer uma quarentena de 14 dias antes de começar o trabalho.

Foi em Wuhan que apareceram os primeiros casos no final de 2019 e que aconteceu o primeiro grande surto do vírus, no início do ano passado.

Devido a um confinamento rigoroso, a China conseguiu fazer baixar para perto de zero o número de contaminações e mortes, pelo menos em termos de números oficiais, mas esta semana voltou a ter um caso mortal, o que não acontecia há oito meses.

Essa morte foi anunciada esta quinta-feira na província de Hebei, à volta da capital Pequim, onde também apareceram cerca de 80 casos. Este novo surto obrigou ao confinamento de cerca de 20 milhões de pessoas no norte do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Aumento no número de casos de pneumonia na China não preocupa OMS

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos

Sete pessoas julgadas por fornecer droga suicida a mais de 600 pessoas nos Países Baixos