EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ciclone Eloise faz 7000 deslocados em Moçambique

Ciclone Eloise faz 7000 deslocados em Moçambique
Direitos de autor AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Rodrigo Barbosa com EFE / LUSA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

ONU avisa que números podem aumentar nos próximos dias

PUBLICIDADE

A passagem do ciclone Eloise por Moçambique fez perto de 7000 deslocados. 

Os números, ainda provisórios, são avançados pelo governo, que dá conta também de mais de 5000 casas destruídas e um total de mais de 163.000 pessoas afetadas. 

Até ao momento há registo de seis mortos.

A agência de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU afirma que "os números podem aumentar nos próximos dias, à medida que se conheça o alcance total dos danos" provocados pela intempérie.

Apesar das fortes chuvas, inundações e ventos, o Eloise perdeu força à passagem pelo território moçambicano, provocando menos devastação do que o ciclone Idai, em 2019, considerado o pior desastre natural da história recente do sudeste africano e que se saldou em 600 mortos e perto de dois milhões de pessoas dependentes de ajuda humanitária.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ciclone Batsirai provocou 12 feridos na Ilha da Reunião

Barbados: furacão Beryl danifica barcos da marina de Bridgetown

Depois de estragos na Jamaica, Furacão Beryl move-se para o México