Última hora
This content is not available in your region

Máscaras clínicas obrigatórias na Alemanha

De  Ricardo Figueira  & Jona Källgren
euronews_icons_loading
Máscaras clínicas obrigatórias na Alemanha
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Todos os dias, nesta fábrica de Berlim, são produzidas 120 mil máscaras do tipo FFP2, as consideradas mais seguras contra o coronavírus. A empresa que as produz chama-se Your Mask, foi fundada em abril, mas só começou a produzir em novembro. Mataty Erdinc, dono de uma pequena empresa de joalharia, decidiu entrar neste negócio com os dois irmãos, depois de perceber que era difícil comprar máscaras de boa qualidade. Da ideia passou à ação e a partir daí tem sido sempre a subir.

Atualmente, a empresa tem 70 empregados que trabalham em dois turnos de oito horas, cinco dias por semana. Em abril, esperam estar a produzir 24 horas por dia, com o objetivo de chegar às 250 mil máscaras por dia: "Não vai ser suficiente para toda a Alemanha, mas estamos a fazer a nossa parte. Com certeza, queremos poder dizer que estamos a produzir tanto quanto possível, para que um máximo de pessoas possa ter a máscara e estar protegido. Estamos a fazer a nossa parte contra o coronavírus", conta o empresário.

As novas regras agora em vigor na Alemanha estipulam que as máscaras médicas - cirúrgicas ou FFP2 - são obrigatórias nos transportes públicos e nos supermercados, em detrimento das máscaras de pano. Isso significa um grande aumento no mercado potencial da Your Mask, uma aposta acertada para os três irmãos.

A Alemanha é o primeiro país na Europa a tornar as máscaras clínicas obrigatórias, uma medida que pode, em breve, ser tomada também em França, com o objetivo de lutar contra as novas variantes, mais contagiosas, do vírus. Em Portugal, a questão está a ser estudada pela DGS.

A pandemia foi devastadora para muitas pessoas e empresas. Para outros, foi uma oportunidade de negócio. A pandemia mudou muita coisa, incluindo para as startups.