Última hora
This content is not available in your region

Líder da oposição na Geórgia detido

euronews_icons_loading
Líder da oposição na Geórgia detido
Direitos de autor  أ ف ب
Tamanho do texto Aa Aa

Uma aparatosa operação policial na Geórgia foi levada a cabo, esta terça-feira, para deter o líder da oposição, Nika Melia, que se encontrava na sede do partido quando as forças de autoridade executaram as ordens de um tribunal de Tiblissi.

Melia está acusado de organizar protestos violentos anti-governo, em 2019. Na semana passada, um juíz decidiu colocar o político em prisão preventiva, podendo vir a ser ser condenado a uma pena de nove anos.

O então primeiro-ministro, Giorgi Gakharia, pediu a demissão, contra a decisão do tribunal, temendo uma escalada da crise política. Irakli Garibashvili,antigo ministro da Defesa, foi nomeado para o lugar à frente do executivo.

Os partidos da oposição na Geórgia rejeitam os resultados das últimas eleições legislativas, que, em outubro, deram a maioria ao partido no poder, o Sonho Georgiano.

Durante a noite, apoiantes da oposição tinham tentado evitar a detenção do líder do Movimento Nacional Unido, acabando por ser dispersados, ou mesmo detidos pela polícia.