Itália homenageia embaixador morto na RDC

Itália homenageia embaixador morto na RDC
Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

ONU oferece novos detalhes acerca de embuscada na província do Kivu do Norte

PUBLICIDADE

A Itália prestou homenagem esta quinta-feira ao embaixador Luca Attanasio, morto juntamente com um guarda-costas italiano e um condutor congolês no ataque da passada segunda-feira contra uma coluna do Programa Alimentar Mundial na província do Kivu do Norte, na República Democrática do Congo.

Roma pressionou as Nações Unidas para a abertura de um inquérito e pediu "respostas claras" e precisões acerca da deslocação que culminou na morte do diplomata.

Stephane Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU:"Por volta das 10 horas e 15 minutos da manhã dois veículos foram parados por um grupo armado e todos os passageiros foram obrigados a sair dos carros. O condutor de um dos veículos do Programa Alimentar Mundial, Mustapha Milambo, foi morto nesse momento. Os outros seis passageiros foram empurrados para a floresta circundante, onde houve uma troca de tiros. Durante essa troca de tiros, o embaixador italiano Luca Attanasio e o guarda-costas Vittorio Iacovacci foram feridos mortalmente e acabaram por morrer."

Na sequência do ataque, o governo congolês passou a exigir aos diplomatas registados em Kinshasa que informem antecipadamente as autoridades acerca de qualquer deslocação no interior do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Estado da União": O braço-de-ferro UE-Rússia

Governo italiano vai introduzir novas regras para reduzir acidentes de trabalho

Croata bate recorde mundial de mergulho em apneia no gelo