EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Alemanha exige testes PCR a trabalhadores transfronteiriços franceses

Alemanha exige testes PCR a trabalhadores transfronteiriços franceses
Direitos de autor Angelika Warmuth/(c) Copyright 2021, dpa via Associated Press
Direitos de autor Angelika Warmuth/(c) Copyright 2021, dpa via Associated Press
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A partir desta terça-feira há regras mais apertadas para quem quiser entrar na Alemanha a partir do departamento francês de Moselle. Berlim classificou o departamento como uma "zona de forte circulação" das variantes sul-africana e brasileira da Covid-19.

PUBLICIDADE

A partir desta terça-feira há regras mais apertadas para quem quiser entrar na Alemanha a partir do departamento francês de Moselle. Berlim classificou o departamento como uma "zona de forte circulação" das variantes sul-africana e brasileira da Covid-19. 

Os trabalhadores transfronteiriços têm agora de apresentar um teste de 48 em 48 horas. "Na nossa empresa ninguém concorda. O que queremos é trabalhar, queremos viver normalmente. Na empresa, respeitamos 100% as instruções de segurança. Não há muita contaminação no nosso local de trabalho", diz Christian Vilimek, que vive em França, mas trabalha na Alemanha. 

Christian é uma das cerca de 16 mil pessoas que residem no departamento francês de Moselle, mas trabalham do outro lado da fronteira, na Alemanha.

As outras pessoas que queiram atravessar a fronteira também vão ter de apresentar um teste negativo e de preencher uma declaração eletrónica de entrada em território alemão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Real Madrid recebe Mbappé com um grande espetáculo no Bernabéu

NATO lança centro de comando da Ucrânia na Alemanha

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França