Última hora
This content is not available in your region

Cerca de 100 migrantes resgatados ao largo da Líbia

euronews_icons_loading
Cerca de 100 migrantes resgatados ao largo da Líbia
Direitos de autor  Salvatore Cavalli/Salvatore Cavalli
Tamanho do texto Aa Aa

A guarda costeira da Líbia salvou cerca de cem migrantes que tentavam atravessar o Mediterrâneo em direção à Europa, depois do barco em que seguiam ter virado. Vinte outras pessoas seguiam na mesma embarcação. A Organização Internacional das Migrações (OIM), que tomou conta dos resgatados, confirmou a morte de pelo menos 15 dos ocupantes do barco. Os migrantes, na maioria africanos, foram levados para uma base naval em Trípoli e acolhidos por uma equipa da OIM.

Este foi apenas um de vários episódios semelhantes ocorridos no Mediterrâneo, este domingo. A ONG Sea Watch levou a cabo, no mesmo dia, três operações distintas, incluindo o salvamento de 44 migrantes que seguiam num barco de madeira prestes a virar. Também na sexta-feira e no sábado os navios da Sea Watch fizeram vários salvamentos.

Este último naufrágio surge depois de pelo menos 41 migrantes terem morrido na semana passada, com o afundamento de uma embarcação, com origem na Líbia, com cerca de 120 pessoas a bordo. O caos político que se instalou na Líbia faz com que o país seja agora o principal ponto de partida para os migrantes que tentam chegar à Europa pelo Mediterrâneo.