Última hora
This content is not available in your region

Vulcão no monte Etna em erupção e a espalhar cinzas

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques com Associated Press
euronews_icons_loading
Erupção do Etna a 24 de fevereiro, vista sobre a cidade de Pedara
Erupção do Etna a 24 de fevereiro, vista sobre a cidade de Pedara   -   Direitos de autor  AP Photo/Salvatore Allegra
Tamanho do texto Aa Aa

O vulcão no monte Etna, em Itália, voltou a entrar em erupção. Foi a sétima vez no espaço de duas semanas.

Esta última, provocou uma chuva de cinzas sobre Zafferana Etnea, a cidade nas encostas do Etna, não muito longe da boca do vulcão, e a nuvem negra terá chegado inclusive a Catânia, 25 quilómetros a sul, na costa leste da Sicília.

Em Zafferana Etnea, os cerca de 10 mil residentes da cidade já estão habituados a conviver com o vulcão ativo e, depois de acordarem e encontrarem mais uma vez as ruas cheias de cinzas, mobilizaram-se na limpeza dos espaços comuns.

Um deles, identificado apenas como Marco e citado pela Associated Press, contou que "às nove e meia da manhã começaram a cair as cinzas": "Tenho estado aqui desde manhã a limpar. Infelizmente, como pode ver, estamos a fazer pilhas de cinzas ao lado da estrada porque os sacos não são suficientes para a retirar. Esperamos que o município a possa remover rapidamente porque torna a estrada perigosa."

Descrito como o vulcão ativo mais alto na placa tectónica euroasiática, o Etna iniciou a 16 de fevereiro uma série de erupções, algumas a permitir o registo de novas imagens da força da natureza em ebulição no centro do paneta.

A atividade que levou a esta última erupção começou a fazer-se sentir no domingo de manhã e quase 24 horas depois Zafferana Etnea acordou de novo coberta de negro.

Outras fontes • Ragusa Oggi