Última hora
Advertising
This content is not available in your region

Peritos da UE confirmam melhorias em central nuclear bielorrussa

euronews_icons_loading
Peritos da UE confirmam melhorias em central nuclear bielorrussa
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Uma nota bastante favorável para a central nuclear de Astravets, na Bielorrússia. De acordo com um relatório preliminar, efetuado na sequência de uma visita em fevereiro, peritos da União Europeia confirmam que houve importantes progressos em termos de segurança nas instalações nucleares em questão, localizadas a apenas cinquenta quilómetros da capital da Lituânia, membro do bloco comunitário, que se tinha mostrado particularmente preocupado com a segurança das operações na central bielorrussa.

O Parlamento Europeu tinha exigido a Minsk um adiamento no início da exploração comercial de Astravets até que fosse introduzida uma série de melhorias nas instalações.

Financiada pela Rússia e com uma potência de até 2400 megawatts, a central bielorrussa é vista como uma ameaça para os vizinhos bálticos.

A Lituânia frisou que o relatório preliminar ainda não é uma "luz verde" para a exploração comercial de Astravets. O Grupo Europeu de Reguladores de Segurança Nuclear deverá apresentar um relatório completo até ao final de 2021.