Última hora
This content is not available in your region

Japão assinala os dez anos do desastre de Fukushima

De  Euronews
euronews_icons_loading
Japão assinala os dez anos do desastre de Fukushima
Direitos de autor  أ ف ب
Tamanho do texto Aa Aa

O Japão assinala esta quinta-feira a tripla catástrofe do tremor de terra de 2011. O sismo, o tsunami e o acidente nuclear foram um golpe no país já traumatizado com as bombas atómicas da segunda Guerra Mundial.

Um pouco por todo o Japão respeitou-se um minuto de silêncio às 14h46, o momento em que a terra começou a tremer. O desastre foi assinalado em várias cerimónias.

O abalo, com uma magnitude de 9,1 na escala de Richter, com epicentro a norte de Sendai, foi o mais poderoso alguma vez registado no país e o quarto maior em todo o mundo. A energia libertada gerou ondas gigantes de 41 metros que engoliram povoações inteiras e originaram o grave desastre nuclear de Fukushima.

Vinte mil pessoas perderam a vida. Os 360 mil milhões de dólares em estragos tornam-no na catástrofe natural mas dispendiosa de sempre.