Última hora
This content is not available in your region

Castelorizo, um paraíso livre de Covid-19

euronews_icons_loading
Castelorizo, um paraíso livre de Covid-19
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Castelorizo, uma pequena ilha grega no mar Egeu, a apenas três quilómetros da costa da Turquia, está livre de Covid-19.

Os cerca de 500 habitantes da ilha já foram vacinados, mas quem aqui chega tem de fazer um teste rápido de despistagem.

Para a população local, ainda não se pode baixar a guarda, mas pode-se, pelo menos, viver de forma mais descontraída.

Maria Lazaraki, de 90 anos, foi uma das primeiras pessoas da ilha a ser vacinada. Com o restaurante de família fechado, passa os dias a cozinhar para os netos.

"Tomámos a vacina. Primeiro a primeira dose e 15 dias depois a segunda. Toda a população, dos 20 aos 94 anos de idade, foi vacinada. Claro que sou idosa. Vivi uma vida, mas felizmente o vírus não chegou à nossa ilha. Antes da pandemia, tínhamos muitos turistas. Esperemos que voltem", disse, em entrevista à Euronews, Maria Lazaraki, pensionista.

Desde março do ano passado, só foi detetado um caso de Covid-19 em Castelorizo.

A ameaça foi contida e a população da ilha poupada. Mas, a tranquilidade local tem um lado negro, principalmente para os pescadores, que viram os rendimentos sofrer uma quebra abrupta.

"Já não há turistas. Estamos sozinhos. Não podemos vender peixe. Tudo o que apanho é sem valor. Esperamos que as pessoas regressem no verão, porque compram grande parte do peixe que pesco. Tudo é um círculo, o dinheiro tem de circular", explicou Michalis Matsos, pescador.

Alguns habitantes da ilha optaram por não usar máscaras de proteção. Porém, no terreno, as autoridades têm equipas de desinfeção e limpeza para que a ilha esteja pronta para receber turistas.

Castelorizo defende a proposta de emissão de um certificado de vacinação, em nome da segurança de todos.

"A vacinação ajudou a nossa parte psicológica. Sentimo-nos muito melhor. Antes, tínhamos muita ansiedade. Sentíamos medo e insegurança. Não conseguíamos gerir um grande número de casos de Covid-19. Penso que as coisas vão melhorar. Também somos a favor do certificado de vacinação. Muitos dos nossos residentes obtiveram um. Para pequenos lugares como Castelorizo, é importante saber que os turistas que aqui vêm estão vacinados", referiu Stratos Amigdalos, vice-presidente da autarquia de Castelorizo.

Apostolos Staikos, Euronews - Numa altura em que muitos países europeus tentam conter a propagação do novo coronavírus, esta pequena ilha parece ter deitado para trás das costas a pandemia. Os habitantes locais preparam-se para receber turistas que podem trazer tudo, menos Covid-19 com eles.