Última hora
This content is not available in your region

Portugal suspende também a vacina da AstraZeneca

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Portugal suspende também a vacina da AstraZeneca
Direitos de autor  Jung Yeon-je/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal, Espanha e Itália suspenderam hoje a vacinação contra a Covid-19 com a vacina da AstraZeneca - uma medida de precaução após o surgimento de casos de trombose na Europa.

O presidente de França, Emmanuel Macron, decidiu igualmente suspender o uso desta vacina também como precaução e até novas ordens europeias. Numa entrevista coletiva, Macron disse que as autoridades francesas decidiram suspender as vacinas pelo menos até à tarde de terça-feira, altura em que a Agência Europeia de Medicamentos vai emitir um parecer, sem entrar em mais pormenores sobre os motivos da decisão.

Cenário semelhante na Alemanha. O governo alemão suspendeu a vacina da AstraZeneca devido a relatos recentes de coágulos sanguíneos relacionados com a inoculação O Ministério da Saúde do país disse ter tomado a decisão igualmente como "precaução" e a conselho do regulador nacional de vacinas da Alemanha, o Instituto Paul Ehrlich, que pediu uma investigação mais aprofundada dos casos.

É uma decisão de pura precaução. A AstraZeneca está a vacinar milhões de pessoas em vários países de todo o mundo. Estamos todos muito conscientes das implicações desta decisão. Para manter a confiança na vacina, devemos agora dar o tempo necessário aos nossos peritos na Alemanha e na União Europeia para que avaliem os recentes incidentes. Também devem clarificar se os benefícios da vacinação continuam a ser maiores do que os riscos possíveis.
Jens Spahn
Ministro da Saúde da Alemanha

A Dinamarca foi o primeiro país a suspender o uso da vacina da AstraZeneca na semana passada. Durante o fim-de-semana, a Irlanda seguiu o exemplo, assim como os Países Baixos - e a medida estará em vigor durante duas semanas.Mas as autoridades sanitárias dos Países Baixos também sublinharam que não está provada qualquer ligação entre os casos e a vacina. No entanto, pretendem fazer uma investigação adequada.

A Agência Europeia de Medicamentos, a Organização Mundial de Saúde e a própria AstraZeneca insistem que a vacina é segura e que os dados disponíveis não sugerem que tenha causado coágulos no sangue.

Claro que as pessoas estão a ter coágulos de sangue, as pessoas estão sempre a ter coágulos de sangue e se estamos a imunizar um número muito elevado de pessoas, inevitavelmente vai haver casos de coágulos no sangue depois de uma vacina. É da natureza humana assumir que existe algum tipo de ligação mas, na realidade, não há qualquer prova da sua existência. Entretanto, precisamos ser muito menos cautelosos e muito mais corajosos quanto à necessidade de imunizar as pessoas e travar os casos de Covid-19, assim como as hospitalizações e as mortes pela infecção - que sabemos que esta vacina pode prevenir.
Adam Finn
Organização Mundial de Saúde

Apesar da insistência das autoridades, os países mantêm a suspensão da vacina da AstraZeneca como medida de precaução, após o surgimento de casos de trombose na Europa.