EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Quem recusar vacina da Astrazeneca vai para o fim da "fila"

Lusa
Lusa Direitos de autor Lusa
Direitos de autor Lusa
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O coordenador do grupo de trabalho para o plano nacional de vacinação em Portugal, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo quer 70 % dos portugueses vacinados até ao final do verão.

PUBLICIDADE

Quem recusar a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, em Portugal, perde a oportunidade e depois terá de esperar pela última fase da operação. Mesmo depois, será imunizado com a que estiver disponível. O aviso foi dado pelo coordenador do grupo de trabalho para o plano nacional de vacinação, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo.

Muitos países europeus retomaram o processo da administração da vacina anglo-sueca depois da Agência Europeia do Medicamento ter garantido ser "segura e eficaz", no mesmo dia em que um médico investigador do hospital universitário de Oslo, Pal Andre Holme, anunciou o resultado de um estudo que confirma indícios de que a vacina está origem, mesmo que raramente, de uma resposta imunitária severa e dos coágulos de sangue registados em algumas pessoas

De acordo com os últimos dados da direção-geral da Saúde, houve na quinta-feira em Portugal mais 11 óbitos e 568 casos confirmados de Covid-19.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agência Europeia dos Medicamentos revalida vacina da AstraZeneca/Oxford

Mundo à espera de decisão sobre vacina da AstraZeneca

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo