Covid-19: Brasil regista pior mês de sempre com quase 67 mil mortes

Mortes no Brasil
Mortes no Brasil Direitos de autor Nelson Antoine/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Ana SerapicosFolha de São Paulo, AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

País da América do Sul continua a bater recordes na pandemia. Nas últimas 24 horas morreram perto de 4 mil pessoas

PUBLICIDADE

O Brasil registou 3.950 mortos no último dia infetados com a covid-19. Foram também identificadas 89.200 novas infeções de coronavírus nas últimas 24 horas. Estes números representam mais um recorde no país pelo sexto dia consecutivo.

O mês de março foi também o mais mortífero de toda a pandemia no Brasil. Morreram 66.868 pessoas, perto do dobro daquele que era o pior mês até agora, fevereiro deste ano, mês em que perderam a vida 30.484 pessoas infetadas. 

Protestos contra medidas em dia de recorde de mortes

De um lado fazem-se apelos para mais cuidados, do outro fazem-se manifestações contra as medidas mais apertadas que foram impostas no Rio de Janeiro.  

"Não ao confinamento", ouve-se nas ruas do Rio. "Precisamos de trabalhar para podermos comer.", dizem os manifestantes. 

O Brasil tenta combater a propagação do vírus como o resto do mundo, com medidas e a vacinar. Até agora, pelo menos 17 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. 

Silvia Izquierdo/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Protesto no Rio de Janeiro contra medidas mais apertadasSilvia Izquierdo/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vacinação no Amazonas avança de canoa pelos locais mais remotos

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver

Escolas de samba já desfilam no Brasil