Última hora
This content is not available in your region

Portugal, Hungria e Sérvia reabrem escolas

euronews_icons_loading
Portugal, Hungria e Sérvia reabrem escolas
Direitos de autor  LAURENT GILLIERON/AP
Tamanho do texto Aa Aa

O desconfinamento continua a ter várias velocidades na Europa. Esta segunda-feira, alguns países avançaram para uma nova fase do calendário previsto para o combate à pandemia.

Portugal

Em Portugal começou a a terceira das quatro fases do plano de desconfinamento, com a reabertura de centros comerciais, escolas e dos espaços interiores da restauração.

Os alunos do ensino secundário e do superior regressam hoje às aulas presenciais, depois de quase três meses em casa, com rastreios à covid-19 que, nestes níveis de ensino, passam também a incluir os estudantes. A reabertura das escolas secundárias e instituições de ensino superior faz parte da terceira fase do plano de desconfinamento do Governo e abrange todo o território nacional, incluindo os dez concelhos que não avançam para esta nova etapa.

Hungria

Depois de seis semanas em casa, os alunos dos jardins-de-infância e das escolas primárias regressaram às salas de aula na Hungria. Pais e professores estão divididos. Alguns dizem que o regresso é perigoso, outros que é vital para a saúde mental das crianças.

Sérvia

Com cinco vacinas diferentes e doses suficientes para os cerca de 7 milhões de habitantes, a Sérvia continua destacada na campanha de vacinação contra a covid-19. Nesta segunda-feira, todas as escolas começaram o segundo semestre com a maioria dos alunos a rodar entre aulas presenciais e aulas online.

Eslováquia

O levantamento de algumas restrições também teve luz verde do governo da Eslováquia. Em Bratislava, muitas pessoas voltaram às ruas e aproveitaram a abertura de lojas e cabeleireiros.

Suíça

O governo suíço pediu cautela e alertou para um "risco significativo" com o relaxamento das restrições. Esta segunda-feira reabriram as esplanadas de restaurantes, ginásios e salas de cinema.