Última hora
This content is not available in your region

UE pressiona Sérvia a retomar o diálogo com o Kosovo

euronews_icons_loading
UE pressiona Sérvia a retomar o diálogo com o Kosovo
Direitos de autor  VIRGINIA MAYO/The Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia está a pressionar a Sérvia no sentido da retoma do diálogo com o Kosovo.

Terá sido este o tópico dominante do encontro esta segunda-feira entre o presidente sérvio Alexander Vucic com a presidente da Comissão Europeia Ursula Von Der Leyen e com o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell.

A União Europeia está preparada para avançar com o processo de adesão da Sérvia ao bloco mas sob condição de se realizarem progressos com o Kosovo, disse Josep Borrell.

"Encorajo o presidente Vucic a prosseguir nesta via, de forma a chegar a um acordo legalmente vinculativo e à normalização das relações entre Belgrado e o Kosovo. Precisamos que este processo continue se atrasos e com resultados apesar da dificuldades que todos conhecemos e que perduram", afirmou O Alto Representante europeu.

A Sérvia ainda não reconheceu a independência do Kosovo, declarada em 2008, na sequência da intervenção da NATO, que retirou as forças sérvias do pequeno país de maioria muçulmana nos Balcãs.

Segundo peritos, o Kosovo tem menos poder negocial do que o país vizinho.

"A ambiguidade da ação da UE na região e o empenho parcial não facilitaram o diálogo. Pelo contrário, colocou as dua spartes em posições assimétricas. O Kosovo tem consciência que acaba por ser um objeto em vez de ser um dos sujeitos deste diálogo", adianta o investigador do Instituto de Assuntos Internacionais, Matteo Bonomi.

Para esta quinta-feira está previsto um encontro em Bruxelas entre vários líderes europeus e o primeiro-ministro do Kosovo, Albin Kurti, que contudo não se avistará com o seu homólogo da Sérvia.