EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Burkina Faso confirma assassinato de três jornalistas europeus

Burkina Faso confirma assassinato de três jornalistas europeus
Direitos de autor RSF / Twitter
Direitos de autor RSF / Twitter
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Repórteres tinham nacionalidade espanhola e irlandesa. Tinham sido sequestrados na sequência de um ataque. Uma pessoa continua desaparecida

PUBLICIDADE

As forças de segurança do Burkina Faso confirmaram a morte de três jornalistas, dois espanhóis e um irlandês, no rescaldo de um ataque de um grupo armado, seguido de sequestro, registado esta segunda-feira o leste do país.

No terreno, prosseguem as buscas para encontrar uma outra pessoa desaparecida, natural do país.

O chefe do executivo espanhol, Pedro Sánchez, confirmou, no Twitter, a morte de David Beriain e de Roberto Fraile, deu as condolências às famílias e mostrou "gratidão a todos os que praticam diariamente jornalismo corajoso e essencial desde zonas de conflito."

De acordo com as forças de segurança do Burkina Faso, os três jornalistas eram "formadores de outros jornalistas que trabalhavam para uma organização não-governamental de proteção do ambiente."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tumultos no Burkina Faso

Houthis atacam navio no Mar Vermelho com drone

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos