Última hora
This content is not available in your region

Burkina Faso confirma assassinato de três jornalistas europeus

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Burkina Faso confirma assassinato de três jornalistas europeus
Direitos de autor  RSF / Twitter
Tamanho do texto Aa Aa

As forças de segurança do Burkina Faso confirmaram a morte de três jornalistas, dois espanhóis e um irlandês, no rescaldo de um ataque de um grupo armado, seguido de sequestro, registado esta segunda-feira o leste do país.

No terreno, prosseguem as buscas para encontrar uma outra pessoa desaparecida, natural do país.

O chefe do executivo espanhol, Pedro Sánchez, confirmou, no Twitter, a morte de David Beriain e de Roberto Fraile, deu as condolências às famílias e mostrou "gratidão a todos os que praticam diariamente jornalismo corajoso e essencial desde zonas de conflito."

De acordo com as forças de segurança do Burkina Faso, os três jornalistas eram "formadores de outros jornalistas que trabalhavam para uma organização não-governamental de proteção do ambiente."