EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Kremlin sanciona altos responsáveis europeus

Kremlin sanciona altos responsáveis europeus
Direitos de autor أ ب
Direitos de autor أ ب
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma represália contra medidas semelhantes avançadas há um mês pela UE contra responsáveis russos

PUBLICIDADE

A Rússia anunciou esta sexta-feira sanções contra oito altos responsáveis europeus. Uma represália contra medidas semelhantes adotadas no mês passado por Bruxelas, visando vários responsáveis russos.

Em comunicado, o Ministério russo dos Negócios Estrangeiros acusa a União Europeia de fazer tudo para "bloquear o desenvolvimento" da Rússia.

As sanções incluem, nomeadamente, uma proibição de entrada no território russo para as personalidades visadas, entre as quais o italiano David Sassoli, presidente do Parlamento Europeu, e a checa Vera Jourova, vice-presidente da Comissão Europeia para os Valores e Transparência.

As medidas adotadas pelo Kremlin visam essencialmente responsáveis europeus implicados no dossiê do líder da oposição russa Alexei Navalny, vítima de uma tentativa de envenenamento do ano passado, que a União Europeia atribui a Moscovo, e a cumprir pena de prisão na Rússia, na sequência de uma condenação contestada pelo Ocidente.

Entre os alvos das sanções russas, conta-se também o francês Jacques Maire, relator especial do caso de envenenamento de Navalny no Conselho da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny

Primeiro-ministro da Índia critica invasão russa à Ucrânia durante encontro com Putin

Kremlin critica nomeações "russofóbicas" de Ursula von der Leyen e Kaja Kallas