Última hora
This content is not available in your region

Tragédia em festividade religiosa em Israel

euronews_icons_loading
Tragédia em festividade religiosa em Israel
Direitos de autor  AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A morte abateu-se sobre uma das mais importantes festividades do judaísmo, em Meron, no norte de Israel. Pelo menos 40 pessoas morreram durante uma aparente debandada humana, quando dezenas de milhares de pessoas celebravam o Lag Baomer, o mais concorrido desde o início da pandemia. Há uma centena de feridos, dezenas em estado crítico.

"Acabamos de lidar com um dos piores desastres de Israel. Um momento terrível para pessoas que vieram celebrar o Lag Baomer e o Rabbi Shimon Bar Yochai. Infelizmente foram literalmente esmagadas até à morte", referiu o vice-presidente de operações, da organização de voluntários para serviços médicos, United Hatzalah.

A causa da tragédia ainda não está confirmada. Informações iniciais avançadas pelos serviços de socorro, davam conta do colapso de uma bancada.

O Exército israelita mobilizou-se para ajudar na evacuação de feridos e administrar tratamento médico no local.

A festividade de Lag Baomer regressou em força este ano sem grandes restrições e com os habituais cânticos e bailes no monte Meron, na galileia. O ano passado, as celebrações foram anuladas por causa da pandemia.