EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Jerusalém volta a celebrar Páscoa ortodoxa em clima de normalidade

Jerusalém volta a celebrar Páscoa ortodoxa em clima de normalidade
Direitos de autor Ivan Sekretarev/Copyright 2017 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Ivan Sekretarev/Copyright 2017 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Situação em Israel contrasta com a dos cristãos ortodoxos russos, que festejam em plena pandemia e sob restrições

PUBLICIDADE

A cerimónia do Fogo Sagrado, na Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, contrastou fortemente com as celebrações da Páscoa Ortodoxa há um ano. Os cristãos ortodoxos puderam novamente acudir às centenas, contrariamente à pequena celebração restrita imposta em 2020 pela pandemia de coronavírus.

A campanha de vacinação maciça em Israel e consequente levantamento das restrições permitiu um regresso aos festejos religiosos num ambiente de normalidade, apesar da ausência dos milhares de peregrinos estrangeiros que habitualmente se deslocam a Jerusalém para as celebrações.

Em Moscovo, fiéis russos cumpriram a tradição da Páscoa ortodoxa, que se celebra mais tarde do que a dos católicos, levando bolos e ovos às igrejas da capital para receber a bênção dos sacerdotes.

Contrariamente a Israel, a situação pandémica na Rússia está ainda longe de controlada e as celebrações decorrem rodeadas de restrições.

Em 2021, a Páscoa ortodoxa tem lugar um mês mais tarde do que a católica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A Páscoa Ortodoxa em tempo de guerra

Cânticos, orações e até manifestações: assim foi a Páscoa dos cristãos ortodoxos

Ucrânia celebra a Páscoa ortodoxa sob a sombra da guerra