EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Prisão perpétua para norte-americanos de férias em Roma

Prisão perpétua para norte-americanos de férias em Roma
Direitos de autor Alessandra Tarantino/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Alessandra Tarantino/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os dois norte-americanos foram considerados culpados da morte com arma branca de um agente de polícia à paisana

PUBLICIDADE

Mão pesada da justiça italiana para os dois norte-americanos acusados do homicídio de um agente de polícia com uma arma branca no centro de Roma. O veredicto foi conhecido esta quarta-feira, com a juíza do Tribunal Criminal da capital italiana a declarar Elder Finnegan Lee e Gabriel Natale Hjorth culpados dos crimes de que eram acusados e condenando-os a uma pena de prisão perpétua.

O episódio remonta a julho de 2019, quando os dois condenados se encontravam de férias em Itália. Assaltados quando procuravam comprar cocaína, tentaram recuperar os pertences e acabaram por esfaquear até à morte um agente de polícia à paisana que tinha sido chamado para resolver a situação.

Para os advogados dos norte-americanos, esta decisão representa uma "vergonha para Itália".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo australiano saúda libertação de Julian Assange

Netanyahu diz que envio de armamento dos EUA diminuiu e admite fim da "fase intensa" dos combates

Houthis reivindicam ataques a contratorpedeiro dos EUA e a dois navios petroleiros