EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Cessar-fogo no conflito israelo-palestiniano

Conflito israelo-palestiniano
Conflito israelo-palestiniano Direitos de autor Hatem Moussa/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Hatem Moussa/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tréguas "incondicionais" aceites por ambas as partes, entram em vigor na madrugada de sexta-feira

PUBLICIDADE

O governo israelita aprovou um cessar-fogo que colocou um ponto final a onze dias de ofensivas contra a Faixa de Gaza. De acordo com o gabinete de Benjamin Netahyahu, o acordo para o fim das hostilidades "foi mútuo e incondicional" e tinha sido proposto pelo Egito na quinta-feira. O Hamas já confirmou à Reuters o cessar-fogo, acrescentando que o início estava previsto para as duas da madrugada de sexta-feira, hora local.

Nas últimas horas, os meios de comunicação israelitas já tinham dado a entender que a trégua estava próxima, uma vez que os objetivos militares de Israel já tinham sido atingidos. As Forças Armadas israelitas já tinham anunciado a morte de 150 militantes do Hamas.

O balanço dos onze dias de conflito mostra bem a diferença de forças entre os dois inimigos, com pelo menos 232 mortes a lamentar entre os palestinianos e doze entre os israelitas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cessar-fogo "iminente" entre o Hamas e Israel

Cordão humano pela paz no Médio Oriente

Netanyahu mantém ofensiva para "devolver a paz aos israelitas"