Última hora
This content is not available in your region

Dezenas de mortos em colisão de comboios no Paquistão

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Dezenas de mortos em colisão de comboios no Paquistão
Direitos de autor  Waleed Saddique/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Dois comboios de passageiros colidiram no sul do Paquistão, Os primeiros dados apontam para pelo menos 30 mortos e dezenas de feridos, alguns em estado crítico

Segundo as autoridades, o Millat Express que viajava na província de Sindh descarrilou e ocupou a outra via. Um outro comboio colidiu com este e capotou.

É ainda cedo para saber a verdadeira dimensão do desastre. A bordo dos dois comboios seguiam mais de mil e cem pessoas.

Horas depois da colisão, um alto funcionário no distrito de Ghokti, Usman Abdullah, disse à agência noticiosa Reuters que era difícil saber quantas pessoas ainda se encontravam presas no comboio, referindo: "Há cerca de seis a oito carruagens que estão totalmente esmagadas... Há uma carruagem adormecida, da classe AC [ar condicionado], bem como da classe económica, em que havia entre 47 a 50 pessoas deste lado e cerca de 50 a 60 pessoas no outro comboio".

As imagens do local mostram os destroços de várias carruagens deitadas de lado. Não é claro o que causou o descarrilamento.

O primeiro-ministro, Imran Khan, mostrou-se chocado e promete um inquérito para averiguar as causas do acidente.

O Paquistão tem assistido a uma série de acidentes de comboio mortais nos últimos anos.

De acordo com os meios de comunicação locais, entre 2013 e 2019, morreram 150 pessoas em acidentes ferroviários.

Acidente em 2019

Veja images de um outro acidente com um comboio no Paquistão, causado pela explosão de botijas de gás.