Última hora
This content is not available in your region

Jorge Fonseca é bicampeão mundial

euronews_icons_loading
Jorge Fonseca é bicampeão mundial
Direitos de autor  International Judo Federation
Tamanho do texto Aa Aa

A arena Lazslo Papp, em Budapeste, foi o palco da consagração de Jorge Fonseca. Dois anos depois de Tóquio, o português sagrou-se bicampeão de judo, nestes mundiais, ao sexto dia, na categoria de menos de 100 quilos.

O opositor na final, Aleksandr Kukolj da Sérvia, conseguiu também um feito importante, já que ao qualificar-se para a final ganhou um bilhete para os Jogos Olímpicos. Na meia-final, derrotou o favorito, Varlam Liparteliani, da Geórgia.

Fonseca esteve imparável e não deu hipóteses ao sérvio. Começou por marcar waza-ari usando uma das técnicas em que é especialista. Depois, um ippon, com a técnica ko-uchi-gari, garantiu-lhe a medalha de ouro. Um bicampeonato muito celebrado pela delegação portuguesa presente e por alguns admiradores que fizeram a viagem até à Hungria.

Na entrevista, Fonseca disse que "este era o objetivo, conseguir o bicampeonato, já que nos Europeus, em Lisboa, esteve muito abaixo do nível habitual".

A francesa Madeleine Malonga chegou à arena também com a intenção de renovar o título mundial, desta vez nos femininos, na categoria de menos de 78 quilos.

Mas a tarefa era difícil: Pela frente, tinha a alemã Ana Maria Wagner, que demonstrou sempre um judo de alta qualidade. Na meia-final, derrotou a japonesa Umeki Mami.

Na final contra Malonga, um ushi-mata no desempate garantiu-lhe a vitória e a medalha de ouro.