Última hora
This content is not available in your region

Kosovo e Sérvia retomam diálogo mas sem grandes avanços

De  euronews
euronews_icons_loading
Kosovo e Sérvia retomam diálogo mas sem grandes avanços
Direitos de autor  Darko Vojinovic/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Parece não ter havido grandes progressos nas negociações mediadas pela União Europeia, entre o Kosovo e a Sérvia. O encontro em Bruxelas entre o presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, e o novo primeiro-ministro de Kosovo, Albin Kurti, assinala a retoma do processo de diálogo iniciado em 2011, mas que até agora teve poucos resultados.

"Não foi uma reunião fácil, mas foi importante ter acontecido. Os dois líderes tiveram uma conversa muito aberta e franca sobre o que cada um deseja do diálogo. O que é importante para a União Europeia é que ambos os líderes confirmaram que não há outro caminho a seguir que não seja normalizar as relações entre o Kosovo e a Sérvia", afirma o enviado especial da UE para o Kosovo, Miroslav Lajcak.

O Kosovo exige o reconhecimento da sua independência, mas a Sérvia recusa. Os dois países foram informados de que não podem esperar fazer progressos nos esforços para ingressar na União Europeia antes de resolver o conflito.

"A adesão à UE não é, em primeiro lugar, uma grande cenoura como era há talvez 10 anos. E também a Comissão Europeia e os funcionários da União Europeia não podem realmente fazer a promessa de que este processo decorrerá sem problemas. Há que lembrar que as negociações de adesão estão atualmente bloqueadas para a Macedónia do Norte e a Albânia devido a um veto da Bulgária contra a Macedónia do Norte. Portanto, individualmente, os Estados-membros podem bloquear o progresso dos países", sublinha Florian Bieber, diretor do Centro de Estudos do Sudeste Europeu.

Mais reuniões das delegações da Sérvia e do Kosovo devem realizar-se no final de julho.