Indígena é nova governadora-geral do Canadá

Líder indígena Mary Simon
Líder indígena Mary Simon Direitos de autor Sean Kilpatrick/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nomeação de Mary Simon acontece no rescaldo de escândalo sob maus tratos contra população autóctone do país

PUBLICIDADE

Mary Simon é a primeira indígena a aceder ao posto de governadora-geral do Canadá. O primeiro-ministro Justin Trudeau anunciou a escolha da líder inuíte como nova representante da raina Isabel II no país.

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá:"Posso anunciar que, seguindo a minha recomendação. sua majestade a rainha Isabel II aprovou a designação de Mary Simon como trigésima governadora-geral do Canadá."

Mary Simon, governadora-geral do Canadá:"Posso dizer, com confiança, que a minha nomeação é um momento histórico e inspiracional para o Canadá e um importante passo no longo caminho da reconciliação."

A nomeação de Simon para o posto, essencialmente protocolar, surge no rescaldo do escândalo sobre o historial de maus tratos da população nativa do país.

Nas últimas semanas, foram descobertas centenas de sepulturas não marcadas que continham os restos de corpos de crianças indígenas, recolocadas à força no passado em internatos por todo o território.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eleições antecipadas no Canadá para 20 de setembro

Tribunal de Belfast contraria lei britânica de amnistia a autores de atos de violência

EUA e Reino Unido atacam alvos Houthi no Iémen depois de um navio ter sido atingido no Mar Vermelho