Última hora
This content is not available in your region

Coberturas verdes de Basileia

De  euronews
euronews_icons_loading
Coberturas verdes de Basileia
Direitos de autor  Mike Groll/AP2008
Tamanho do texto Aa Aa

O Departamento de Construção e Transportes do Cantão de Basel-Stadt na Suíça chama-lhe "um mosaico de habitats maiores e mais pequenos". As coberturas verdes, na cidade de Basileia, consistem em autênticos jardins nos telhados planos dos edifícios. Isso traz muitas vantagens, em especial quando se enfrenta uma onda de calor, como explica o urbanista Stephan Brenneisen, que dirige o grupo de investigação em ecologia urbana da Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique.

"A adaptação climática está a tornar-se um tema cada vez mais importante nos dias de hoje. Por conseguinte, poderá dizer: 'Tenho uma esponja no telhado que armazena água e que, claro, liberta agora humidade e tem realmente um efeito de arrefecimento no edifício, mas também na cidade'".

Brenneisen está envolvido num projeto com orquídeas, que são utilizadas nestas coberturas verdes. Para o investigador, a cidade tem espaço suficiente para plantar mais plantas.

"Notámos, aqui em Basileia, que estas áreas não são de facto utilizadas de forma consistente. E pudemos mostrar que também aqui poderiam ser criadas áreas valiosas para a natureza. (...) Foi também acrescentada à lei da construção há cerca de 20 anos: Se se tem um telhado, um telhado plano, tem de o tornar verde. E se perguntar sobre o número: agora temos cerca de 4000 telhados verdes em Basileia".

O projeto de coberturas verdes surgiu no Ano Europeu de Conservação da Natureza, em 1995. Hoje, Basileia é a cidade com a maior quota de telhados verdes do mundo.