Vacinas e sentido cívico para evitar 4ª vaga de Covid-19

Vacinas e sentido cívico para evitar 4ª vaga de Covid-19
Direitos de autor Laurent Cipriani/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Europa apela à vacinação.

PUBLICIDADE

A Escócia deve levantar muitas das restrições relacionadas com a crise sanitária, a partir da próxima semana, mas como a variante Delta preocupa toda a Europa, nem todas as regras vão ser flexibilizadas, para que o fardo da prevenção não fique todo nas mãos da população.

Relativamente ao levantamento de restrições como o uso de máscaras, o governo acredita que ainda não chegou o momento de as levantar completamente. Não se devem levantar restrições importantes e esperar que o público assuma a responsabilidade.
Nicola Sturgeon
Primeira Ministra da Escócia:

Em França, o Presidente Emmanuel Macron torna a vacina da Covid-19 obrigatória para profissionais da saúde e o passe sanitário também passa a ser obrigatório em espaço públicos. Os críticos falam em ataques às liberdades individuais, mas Macron não recua. Ainda assim, as marcações explodiram nas últimas horas, os franceses deram resposta ao apelo do Presidente devido à rápida propagação da variante Delta.

Se houve hesitação em relação às vacinas em França, nos Países Baixos, as pessoas entre os 12 e os 17 anos estão agora a ser vacinadas. E, na Dinamarca, estão a ser feitos esforços para chegar aos subúrbios, para que pessoas menos informadas ou que vivem em bairros mais vulneráveis tenham acesso à vacinação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Praia "livre covid-19" em Sochi, na Rússia

Haiti recebe dos EUA meio milhão de doses contra a covid-19

Setor da aviação prevê ano histórico em 2024