Inundações na Europa central causam pelo menos 125 mortos

Inundações na Europa central causam pelo menos 125 mortos
Direitos de autor Euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A maioria das mortes causadas pelas inundações ocorreram na Alemanha. A Chanceler Merkel já anunciou auxílio federal de emergência para as vítimas

PUBLICIDADE

As cheias na Europa central já provocaram pelo menos 125 mortos. 

Na Alemanha, o país mais atingido, as águas causaram estragos consideráveis em várias localidades, entre as quais Erftstadt-Blessem na Renânia do Norte-Vestefália.

Os serviços de emergência continuam no terreno. Pelo menos 1300 pessoas foram dadas como desaparecidas.

Para além da destruição de habitações, muitas estradas tornaram-se igualmente intransitáveis.

Equipas de emergência tveram que resgatar dezenas de pessoas, na maioria com recurso a embarcações. 

As condições no terreno continuam difíceis. Muitas estradas permanecem submersas.

Quarenta quilómetros a sul de Erftstadt o cenário de destruição repete-se. 

O proprietário de um hotel local em Gemünd afirma que perdeu o seu meio de sustento.

"Fomos invadidos pelas águas num curto espaço de tempo. A água chegou a mais de 2 metros de  altura. Podem ver o nível a que as águas subiram no hotel Friedrichs. A minha subsistência foi totalmente destruída", lamentou Manfred Pesch, proprietário do hotel. 

Tal como o proprietário do hotel, muitos outros aguardam agora apoio do governo. 

A chanceler Angela Merkel e o ministro alemão das finanças Olaf Scholz já estão a trabalhar num programa de auxílio federal. 

As autoridades dos estados mais atingidos já anunciaram igualmente auxílio de emergência.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Depois das inundações teme-se surto de Covid-19

Inundações mortais na Alemanha

Países Baixos debatem-se com efeitos nocivos de mega dique