EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Lufthansa reduz perdas, mas cortes no grupo mantêm-se

Avião da Lufthansa em terra
Avião da Lufthansa em terra Direitos de autor EURONEWS
Direitos de autor EURONEWS
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O grupo Lufthansa conseguiu aumentar as receitas no segundo trimestre deste ano, mas os resultados continuam muito abaixo dos de 2019. Estratégia de rentabilidade passa por mais despedimentos.

PUBLICIDADE

Ainda ressentido da pandemia o setor da aviação está a ter algumas dificuldades em descolar.

No segundo trimestre, o grupo Lufhtansa apresentou uma redução das perdas, com uma receita de 3 mil e 200 milhões de euros, abaixo dos 3,3 mil milhões de euros previstos. O montante é bastante mais elevado do que o registado no mesmo período em 2020, mas representa apenas um terço dos resultados obtidos na mesma altura, antes da crise.

Depois de em junho a empresa ter apresentado planos para voltar à rentabilidade, com a ajuda de 1,5 mil milhões de euros do Estado alemão, menos aviões e menos pessoal, a subsidiária Austrian Airlines anunciou esta quinta-feira a intenção de cortar mais 500 postos de trabalho.

Apesar de as receitas registadas entre abril e junho deste ano terem sido superiores às registadas no mesmo período do ano passado, a companhia austríaca encaixou menos 79% de receitas em comparação ao segundo trimestre de 2019.

Também da Suíça chegam notícias menos animadoras para o setor. Apesar de uma ligeira retoma desde abril, a Swiss Airlines afirmou ter registado uma perda equivalente a 370 milhões de euros, nos últimos seis meses.

Com uma redução de dois terços no número de passageiros, 500 pessoas perderam o emprego, após as medidas de reestruturação da empresa.

De acordo com o grupo Lufthansa, no total, desde o início da crise, 30 mil funcionários perderam o trabalho. A companhia alemã mantém, no entanto, a esperança de recuperação no levantamento geral de restrições e o aumento de viagens.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Caos nos aeroportos alemães

Lufthansa cancela um milhar de voos

Governo alemão resgata Lufthansa