Última hora
This content is not available in your region

Polícia alemã prende alegado espião russo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Polícia alemã prende alegado espião russo
Direitos de autor  Michael Sohn/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia alemã prendeu um cidadão britânico acusado de ser um espião da Rússia. O homem, identificado apenas como David S., trabalhava na Embaixada de Londres em Berlim. Foi detido na cidade de Potsdam, no sudoeste da capital, na sequência de uma investigação conjunta das autoridades alemãs e britânicas.

O porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros disse que o governo alemão está a acompanhar o caso. “Levamos muito a sério as alegações de que as atividades do homem detido foram levadas a cabo em nome de um serviço de inteligência russo”, disse Christofer Burger, acrescentando que “espiar um aliado próximo em solo alemão não é algo aceitável”.

Segundo a declaração do Ministério Público alemão, o detido é suspeito de ser um espião, pelo menos desde novembro, e, alegadamente, transmitiu documentos que recebeu no trabalho aos russos.

Numa declaração separada, a Polícia Metropolitana Britânica disse que "o homem foi preso na área de Berlim por suspeita de cometer delitos relacionados com a atividade de "Agente de Inteligência"".

Ainda não há informação sobre o conteúdo dos documentos e sobre o dinheiro que esta pessoa terá recebido em troca. Tudo indica que a detenção vai prejudicar a já tensa relação entre o Reino Unido e a Rússia. Por outro lado, vai pressionar a relação entre Berlim e Moscovo, marcada por altos e baixos. E é importante lembrar que tudo isto acontece numa altura em que a Alemanha entra em campanha eleitoral.