Itália regista temperatura mais quente da Europa

Itália regista temperatura mais quente da Europa
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Onda de calor com temperaturas recorde. Siracusa regista temperatura mais quente na Europa com 48 graus.

PUBLICIDADE

Sol escaldante em Itália. As temperaturas ultrapassam os 45 graus nalgumas zonas e a temperatura mais quente de sempre na Europa foi registada na cidade de Siracusa - onde o termómetro atingiu os 48 graus. Os residentes fazem o que podem para se refrescarem no meio da onda de calor.

A vaga de calor em Itália está a ser causada por um anticiclone - uma zona de alta pressão atmosférica apelidado Lúcifer - vindo de África. Segundo as previsões, o anticiclone deve dirigir-se mais para norte - aumentando ainda mais as temperaturas noutras cidades, incluindo a capital, Roma.

Existem alertas vermelhos para 10 cidades em Itália. E o risco para a saúde das pessoas é cada vez maior devido às temperaturas. A Protezione Civile (Protecção Civil) lançou um alerta de incêndio em toda a Itália, principalmente nas zonas mais atingidas nos últimos dias. Especialistas dizem que, embora as temperaturas elevadas não sejam um fenómeno novo aqui em Itália, devido à crise climática estas ondas de calor tornar-se-ão mais frequentes e mais perigosas. E afirmam que a onda atual deverá durar pelo menos até 15 de Agosto.
Giorgia Orlandi
Euronews
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ministro do Interior britânico visita Itália para discutir formas de lidar com a imigração ilegal

Festival internacional de papagaios voadores regressa à praia do Norte de Itália

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia