Última hora
This content is not available in your region

Jornal da Nicarágua suspende edição impressa

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Jornal da Nicarágua suspende edição impressa
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O mais antigo jornal da Nicarágua, o "La Prensa" foi obrigado a suspender a circulação da edição impressa, esta segunda-feira, devido à falta de papel.

De acordo com o diário, o material está retido nas alfândegas. A direção do periódico acusa o Governo do presidente Daniel Ortega de ser responsável pelo "sequestro do papel".

Esta não é a primeira vez que o "La Prensa" enfrenta problemas com o fornecimento de material. A direção do diário assegura que o jornal não vai parar.

"Isto não é um encerramento. Isto não somos nós a apagar as luzes e a sair, não". Isto é um impasse. Isto é um impasse, que acreditamos que será de alguma forma resolvido através da impressão e se não for resolvido, então continuaremos a fazer o nosso trabalho através das plataformas digitais", assegura o Secretário do Conselho de Administração do La Prensa, Juan Hollman.

Na última primeira página, o "La Prensa" afirma que o país vive em ditadura e que vai lutar pela verdade.

A Associação Interamericana de Imprensa prestou apoio ao periódico e condena a manobra do Governo que é considerada como parte da estratégia do presidente Daniel Ortega para esmagar a oposição, no período que antecede as eleições de novembro.

Desde fevereiro do ano passado, mais de 30 opositores ao Governo foram presos e dezenas de políticos e ativistas estão no exílio.

No início de agosto, o Conselho Supremo Eleitoral (CSE) desabilitou o partido de direita"Cidadãos pela Liberdade", que lidera uma coligação que se opõe à reeleição de Daniel Ortega.