Morreu o "bombardeiro" Gerd Müller

Morreu o "bombardeiro" Gerd Müller
Direitos de autor AP/AP1970
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Considerado o melhor ponta-de-lança de sempre, o alemão morreu aos 75 anos, vítima da doença de Alzheimer.

PUBLICIDADE

Morreu Gerd Müller, um dos maiores futebolistas do século XX, contemporâneo de Eusébio, Cruyff ou ainda de Franz Beckenbauer, com quem partilhou o estrelato no Bayern de Munique e na seleção alemã, Na Bundesliga, é ainda o detentor do recorde de golos. Com a camisola da Mannschaft, foi o melhor goleador do mundial de 1970, com 10 golos, antes de vencer o Europeu de 1972 e o Mundial de 1974, a última grande prova internacional que disputou.

Só Lewandowski bateu o recorde de 40 golos numa só temporada, que Müller deteve durante 49 anos.

Considerado o melhor ponta-de-lança de todos os tempos, foi apelidado "der bomber" - o bombardeiro. O atacante esteve ao serviço do Bayern até 1979 e terminou a carreira nos Fort Lauderdale Strikers, nos Estados Unidos.

Tinha 75 anos e morreu este domingo, devido a complicações causadas pela doença de Alzheimer, de que sofria.

O palmarés impressionante de Müller
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu o ex-futebolista Freddy Rincón

Russos continuam a homenagear Navalny apesar do risco de detenção. Mais de 400 já foram presos

Quem era Alexei Navalny? E como é que ele se tornou o mais feroz opositor de Putin?