Última hora
This content is not available in your region

Potências mundiais de olhos postos no Afeganistão

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Potências mundiais de olhos postos no Afeganistão
Direitos de autor  Rahmat Gul/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade internacional e a população afegã vão aguardar desenvolvimentos no Afeganistão.

Numa conferência de imprensa realizada na sequência da ofensiva lançada para assumir o controlo do país, os radicais islâmicos prometeram respeitar os direitos das mulheres dentro dos limites da lei islâmica, ofereceram uma amnistia a todos aqueles que lutaram contra eles e prometeram que o país não se tornaria num refúgio para terroristas.

"Queremos um governo futuro e um sistema que inclua pessoas de todas as linhas de pensamento. Não queremos mais guerra. Queremos paz no Afeganistão e é por isso que decorreram negociações", disse Zabihullah Mujahid, porta-voz das forças talibã.

Os mais velhos contudo não esqueceram o anterior regime talibã que limitava o movimento das mulheres, proibia a música e a televisão e organizava execuções públicas.

Os Estados Unidos já aceleraram a retirada de estrangeiros e afegãos vulneráveis e contam atingir nove mil pessoas por dia.

Vários países já anunciaram programas de realojamento de afegãos para os milhares que querem abandonar o país.