Vários países ocidentais terminam operações de retirada de pessoas de Cabul

Vários países ocidentais terminam operações de retirada de pessoas de Cabul
Direitos de autor EuronewsБывшая транзитная зона в Рёшке (Венгрия)
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vários países ocidentais, como a Espanha e a Itália, acabaram esta sexta-feira as operações de retirada de pessoas de Cabul. A França anunciou que poderia continuar para além desta sexta-feira à noite, dependendo das condições de segurança. Os Estados Unidos prometem prosseguir até ao fim do prazo.

PUBLICIDADE

Vários países ocidentais, como a Espanha e a Itália, acabaram esta sexta-feira as operações de retirada de pessoas de Cabul. A França anunciou que poderia continuar para além desta sexta-feira à noite, dependendo das condições de segurança. Os Estados Unidos prometem prosseguir a tarefa até à próxima terça-feira, prazo final para a saída do Afeganistão.

"Ainda há aproximadamente 5 400 pessoas no aeroporto neste momento, à espera de voos para saírem do Afeganistão. Temos a capacidade de incluir pessoas no transporte aéreo militar dos Estados Unidos para fora do Afeganistão até ao último momento", afirmou Hank Taylor, subdiretor de logística do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA. 

Aumentou para 161 o número de pessoas que morreram no atentado suicida que aconteceu quinta-feira em Cabul, reivindicado pelo ramo afegão do autodenominado Estado Islâmico. As forças norte-americanas pediram à comunicação social afegã para evitar ir ao aeroporto de Cabul.

"Ainda acreditamos que existem ameaças credíveis, ou melhor, ameaças específicas e credíveis", vincou o porta-voz do Pentágono, John Kirby. 

O Pentágono disse, esta sexta-feira, ter concluído que houve apenas uma explosão no aeroporto de Cabul.

O Conselho de Segurança da ONU condenou, esta sexta-feira, o atentado de Cabul e apelou à cooperação de "todos os Estados" para levar os autores à Justiça.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Itália termina operações no aeroporto de Cabul

Novo sismo de 6.3 no Afeganistão dias após um outro que fez mais de mil mortos

Terramoto no Afeganistão pode ter feito 3 mil mortes, dizem autoridades talibãs