EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Terramoto no Afeganistão pode ter feito 3 mil mortes, dizem autoridades talibãs

Afegãos procuram sobreviventes entre os escolbros deixados pelo terrmoto de sábado
Afegãos procuram sobreviventes entre os escolbros deixados pelo terrmoto de sábado Direitos de autor MOHSEN KARIMI/AFP or licensors
Direitos de autor MOHSEN KARIMI/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Afeganistão sofreu, este sábado, um tremor de terra de magnitude 6,3 na escala de Richter, um dos mais fatais na história do país.

PUBLICIDADE

A busca por sobreviventes do terramoto de sábado no Afeganistão prossegue na província de Herat, onde os habitantes locais procuram entre os escombros os familiares desaparecidos. 

As autoridades talibãs estimam que o número de mortos se aproxime dos três mil, após o abalo de magnitude 6,3 e uma série de violentas réplicas terem deixado a região em ruínas.

Na capital regional, pessoas dormem nas ruas e em parques públicos com medo de novos abalos.

A ajuda teima em chegar às localidades mais remotas. Além dos bens de primeira necessidade, a Organização das Nações Unidas vai enviar cinco milhões de dólares (o equivalente 4,7 milhões de euros) para apoiar os esforços de socorro imediato nas áreas afetadas pelo sismo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo sismo de 6.3 no Afeganistão dias após um outro que fez mais de mil mortos

Equipas de socorro resgatam um bebé dos escombros de uma casa em Herat, no Afeganistão

Ajuda internacional custa a chegar ao Afeganistão