Última hora
This content is not available in your region

Contagem decrescente para o fim da retirada do Afeganistão

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Contagem decrescente para o fim da retirada do Afeganistão
Direitos de autor  Hadi Mizban/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Forças europeias e norte-americanas estão a concluir as operações de retirada no aeroporto de Cabul.

No entanto, pesa no ar a ameaça de mais atentados e ataques.

Em declarações, o presidente norte-americano, Joe Biden, afirma que outro ataque terrorista é muito provável nas próximas 24 a 36 horas.

Biden deixou claro que o ataque de 'drone' contra elementos afiliados ao grupo radical Estado Islâmico não seria a sua última resposta ao grupo.

A Alemanha, os Países Baixos e o Reino Unido vão manter como prioritária a retirada de cidadãos, trabalhadores locais e todos quantos necessitem de proteção.

A França encontra-se em negociações com os Talibãs e o Qatar com vista a retirar afegãos que não conseguiram sair antes do encerramento das operações no aeroporto de Cabul.

"Estão a decorrer negociações com os Talibã na questão das operações humanitárias e a capacidade de proteger e repatriar afegãos em risco. E sim, estamos a trabalhar com o Qatar, entre outros, para podermos avançar com estas operações", disse o presidente francês, Emmanuel Macron durante uma visita ao Iraque.

A província de Panjshir a norte de Cabul permanece a única região do Afeganistão controlada por forças de resistência anti-talibãs.