Última hora
This content is not available in your region

A Feira de Arte de Paris volta a ligar artistas, colecionadores e público

euronews_icons_loading
A Feira de Arte de Paris volta a ligar artistas, colecionadores e público
Direitos de autor  euronews
De  Frédéric Ponsard  & euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 140 galerias de todo o mundo marcaram presença na edição 2021 da feira de arte de Paris.

A feira de Arte de Paris é uma oportunidade para os profissionais do setor e para o público em geral conhecerem artistas marcantes da atualidade.

“É um evento para os chamados insiders, os colecionadores, os profissionais da arte que são curadores de exposições e os diretores de museus. Mas, por outro lado, é um evento para o grande público, que pode ver esta feira como uma exposição que integra obras do fim da Segunda Guerra Mundial até os dias de hoje. E há um fenómeno importante e notável, a instalação de grandes galerias estrangeiras de países anglo-saxões, que em geral estavam em Londres, e que agora se fixam em Paris", disse à euronews Guillaume Piens curador do evento.

Pandemia marca obras dos artistas

A Feira de Arte de Paris é uma oportunidade única para medir o dinamismo da criação contemporânea e do mercado da arte. A euronews falou com um curador convidado a apresentar uma seleção pessoal de obras em torno do tema do retrato e da figuração.

“Uma feira hoje, no contexto atual, assume maior importância. O ênfase dado ao tema do retrato corresponde ao nosso tempo, um período em que os artistas viveram na incerteza, foi um tempo de introspeção para eles e para o trabalho deles", afirmou Hervé Mikaeloff.

Após longos períodos de confinamento devido à pandemia, os participantes estão satisfeitos por poder mostrar, fisicamente, as obras de arte e encontrar, pessoalmente, os artistas e profissionais do setor.

"Foi muito importante reencontrar a cena parisiense para restabelecer a nossa ligação com colecionadores parisienses e europeus, mas também para estarmos neste novo lugar, neste Grand Palais efémero que anuncia uma renovação. A arte é essencial, precisamos de partilhar ,de conhecer, de receber as obras aqui. Gostamos muito de receber os admiradores de arte e os diferentes públicos e acolher tudo o que os artistas desejam dar-nos a ver”, afirmou Françoise Besson.

euronews
O artista gráfico e pintor polaco Tomek Baraneuronews

As obras de arte do confinamento

Artistas de toda a Europa mostraram em Paris as suas obras em particular o espólio produzido durante o longo período de crise devido à pandemia. A euronews falou com o artista gráfico e pintor polaco Tomek Baran. “A minha pintura aborda os tempos de pandemia, é um ciclo chamado Strings. Podemos ver apenas três pinturas da série que integra 9 pinturas, eu estou a terminá-la agora", contou o artista polaco.

A Feira de Arte de Paris pode ser visitada até domingo à noite.