Última hora
This content is not available in your region

ONU pede à comunidade internacional que ajude o Afeganistão

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
ONU pede à comunidade internacional que ajude o Afeganistão
Direitos de autor  AFARIA / EVN
Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de segurança da Organização das Nações Unidas diz que o Afeganistão precisa de dinheiro para evitar um desastre humanitário. A Organização pediu à comunidade internacional para desbloquear os apoios financeiros que estão bloqueados desde que os talibãs tomaram poder.

Deborah Lyons, a enviada especial da ONU ao Afeganistão, diz que "é compreensível negar esses fundos à administração dos Talibãs" mas que tal "resultará numa crise económica severa" que poderá colocar "milhões de pessoas em situação de pobreza de fome". Deborah Lyons diz ainda que se o país ficar sem dinheiro e entrar nessa crise, pode dar-se início a mais "uma onda de refugiados do Afeganistão", um cenário de crise migratória que acredita que tem atrasado o desenvolvimento do país.

O Afeganistão tem 38 milhões de pessoas, 72% da população vive abaixo do limiar da pobreza, ou seja, com menos de um dólar por dia. De acordo com as Nações Unidas, esta taxa pode subir para 97% até meados do próximo ano.

A solo afegão chegaram, esta quinta-feira, vários carregamentos de ajuda humanitária. Remédios, alimentos e equipamentos médicos foram enviados pelos países vizinhos: Paquistão, Cazaquistão e Bahrein.