Última hora
This content is not available in your region

EUA repatriam migrantes haitianos

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Migrantes haitianos chegam a Port-au-Prince
Migrantes haitianos chegam a Port-au-Prince   -   Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Já chegaram ao Haiti mais 320 migrantes haitianos que foram deportados pelos Estados Unidos da América.

Estas pessoas fazem parte dos milhares de haitianos que atravessaram o território do México para um campo fronteiriço do estado norte-americano do Texas.

Em Port-au-Prince as queixas foram muitas...

"Quando chegámos aos Estados Unidos colocaram-nos em detenção durante 4 dias; 4 dias sem escovar os dentes; 4 dias sem tomar banho, a única coisa que nos deram foi alguma comida. Veja como estamos sujos", reclama um haitiano.

Mais de 12 mil pessoas têm estado a viver, nos últimos dias, debaixo e perto da ponte de Del Rio, na Fronteira com o Texas. A maioria gastou milhares de euros na viagem e muitos afirmam que não serão dissuadidos pelos planos de repatriamento da administração de Joe Biden pois não têm nada para onde voltar, como confirma um dos migrantes:

"Na minha casa não tenho nada com que viver. Tudo o que eu tinha está agora aqui."
Migrante haitiano

As autoridades norte-americanas retiraram, já, mais de três mil migrantes para centros de detenção. A operação de repatriamento irá prosseguir nos próximos dias. Termina assim, o sonho de uma vida melhor de milhares de haitianos que tentaram fugir de um país devastado por um terramoto e pelo assassinato do presidente Jovenel Moïse.