Última hora
This content is not available in your region

Tribunal Europeu diz que Rússia é "responsável" por morte de Litvinenko

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Tribunal Europeu diz que Rússia é "responsável" por morte de Litvinenko
Direitos de autor  Alistair Fuller/Copyright 2002 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos decretou esta terça-feira que a Rússia é "responsável" pelo assassinato do ex-espião do KGB Alexander Litvinenko.

O ex-agente russo foi envenenado em 2006 no Reino Unido com polónio-210. A instância europeia concluiu que os autores do envenenamento "agiram na qualidade de agentes do Estado russo".

Moscovo reagiu rapidamente à decisão, que classificou de "infundada". O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, disse que "é pouco provável que o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos tenha os poderes e capacidades técnicas" para elucidar o caso.

Reino Unido acusa outro espião russo no caso Skripal

Em paralelo, a Justiça do Reino Unido acusou formalmente um terceiro agente dos serviços secretos russos pelo envenenamento do ex-agente duplo Sergei Skripal e da filha Yulia, em 2018, no sul de Inglaterra.

Ambos foram envenenados com o agente químico Novichok, num caso que desencadeou uma crise diplomática entre Londres e Moscovo e que já levou a incriminação de dois outros espiões russos.