EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Cartoons sem dó para com Orbán

Cartoons sem dó para com Orbán
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A capital da Hungria tem muitos cartoons para ver ao ar livre, no âmbito do festival ARC.

PUBLICIDADE

A pandemia, o escândalo Pegasus e as políticas do governo de Viktor Orbán, em particular as polémicas leis anti-LGBT, são os grandes temas da edição deste ano da ARC, a exposição de cartoons políticos de Budapeste.

Dóra Mészáros ganhou o terceiro prémio com esta imagem, em que um aluno escreve repetidas vezes no caderno a frase: "não vou ser maricas".

Dóra Mészáros
O cartoon de Dóra MészárosDóra Mészáros

A artista diz que "este cartoon não é uma sátira ao governo, mas a todos aqueles que acreditam que esta é uma matéria de educação". Além disso, diz, "não lhe interessa se alguém se sente particularmente ofendido"

Outro cartoon, desta vez sobre o consumo de animais, captou a atenção do conhecido músico e ativista vegan Moby.

O cartoon de Melinda que captou a atenção de Moby

A artista, Melinda Hegedűs, conta que Moby a contactou, diz que gostou muito e se ofereceu para divulgar, talvez com um cartaz nos Estados Unidos.

O vencedor do concurso tem a ver com os tempos que vivemos: Mostra um ator que foi obrigado a trabalhar em entregas de comida, devido à situação causada pela Covid.

Flóra Vértessy / Lóránt Ónodi
O cartoon vencedorFlóra Vértessy / Lóránt Ónodi
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu Sempé, ilustrador do "Menino Nicolas"

Péter Márki-Zay, o homem que promete derrotar Orbán

Berlim: Exposição recorda as mulheres que lutaram contra os nazis