EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Nuvem tóxica poupa Portugal Continental e Madeira

Nuvem tóxica poupa Portugal Continental e Madeira
Direitos de autor AP / Emilio Morenatti
Direitos de autor AP / Emilio Morenatti
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os gases expelidos pelo vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, vão chegar a uma boa parte de Espanha e outros países da Europa e norte de África.

PUBLICIDADE

O gás tóxico expelido pelo vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, vai chegar a uma grande parte do território de Espanha continental, mas poupa Portugal, segundo o sistema europeu de satélites Copernicus, que está a monitorizar a erupção. Segundo o Copernicus, a nuvem de dióxido de enxofre vai cobrir uma parte significativa da Península Ibérica, mas sem entrar em território português. Tanto Portugal Continental como a Madeira ficam fora do alcance da nuvem. Já Marrocos, Tunísia, Líbia e partes de França e Itália vão ter o gás tóxico no céu.

Gráfico mostrando a área afetada pela nuvem tóxica

O comité científico local que está a acompanhar o fenómeno tem agora dúvidas de que a lava chegue ao mar o que, se acontecer, irá produzir chuva ácida. As autoridades reiteram os apelos para que a população não se aproxime das áreas afetadas pela erupção, já evacuadas. Cerca de 5500 pessoas foram retiradas. A erupção, que dura desde domingo, destruiu um grande número de casas e infraestruturas. As localidades de El Paraíso e Todoque são, para já, as mais afetadas, mas a lava está também a fazer estragos em Tazacorte, onde dezenas de casas foram já evacuadas. A progressão da lava deve continuar ao longo dos próximos dias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novas escavações em Pompeia revelam santuário invulgar com paredes azuis

Vulcão na península de Reykjanes volta a entrar em erupção

Vulcão entra em erupção na Islândia pela quinta vez. Veja as imagens em direto